sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

lovecraft

era um filho da puta misógino e racista, mas é difícil imaginar como seria a literatura de horror do século 20 sem sua presença. Além de ter lançado as bases do chamado 'horror cósmico', Lovecraft escreveu um ensaio importante sobre o estilo, 'O Horror Sobrenatural na Literatura' (ainda que datado e pouco versado nas mumunhas da teoria literária).

Por isso, a dica de hoje é para a leitura desse artigo comparando sua obra de horror com a pioneiro Edgar Allan Poe.

Na sequa, caia matando nesse ensaio altamente pirateado do Michel Houllebecq sobre o cara. E aprenda inglês, infeliz.


Nenhum comentário: